Durante a gestação, é preciso ter atenção e cuidados especias com os tratamentos dermatológicos, já que alguns medicamentos e cremes possuem substâncias que podem pôr em risco a saúde do bebê e até causar má formação do feto. Esses cuidados devem começar já no primeiro mês de gravidez e só irão terminar após o fim da amamentação.

Com as mudanças que ocorrem no corpo da gestante, a absorção desses produtos acaba sendo maior devido ao aumento da vascularização e da superfície da pele. Esses produtos absorvidos pela pele, caem na corrente sanguínea, chegando até o feto. Veja os procedimentos perigosos:

Cabelo: tintura de cabelo (até mesmo a henna) e alisamentos;

Corpo: tratamentos com radiofrequência para flacidez e celulite, depilação a laser e todos os outros tratamentos a laser. Sobre os cremes e maquiagens, explicamos aqui.

Unhas: Endurecedores de unhas como o formol.

Rosto: retinóides (ácido retinóico, isotretinoina, acitretina): usados entre outras, para tratar rugas, manchas na pele, acne e outras patologias, alguns peelings, preenchedores e toxina botulínica.

O tratamento com cremes antioxidantes, como vitamina C, coffeeberry e outros podem ter continuidade.