Clinifert Akus

4 verdades sobre infertilidade que você precisa saber

On 7 de agosto de 2013, in Mitos e verdades, by comoengravidar
0

Depois de falarmos sobre 7 mitos que envolvem a fertilidade, chegou a hora de contarmos algumas verdades sobre o assunto. Lembre-se que cerca de 60 a 80 milhões de casais no mundo são inférteis, e a sua melhor arma ainda é a informação.

1- As doenças sexualmente transmissíveis atingem a fertilidade?

VERDADE. A contaminação por DSTs pode chegar às trompas e obstruí-las, levando a infertilidade. A melhor maneira de evitá-las é usando camisinha durante a relação sexual.

2- A idade avançada só interfere na fertilidade feminina?

VERDADE. A mulher já nasce com o número de óvulos definido para a vida inteira. Como não há produção, os óvulos diminuem com o passar dos anos e envelhecem junto com a mulher (se tiver 30 anos, seu óvulo também terá 30 anos).

Com os homens, a situação é diferente, pois a produção de espermatozoides ocorre durante a vida – o estoque é renovado a cada 65 dias, não importando a idade, tendo uma idade máxima de dois meses.

3- O peso interfere na hora de engravidar?

VERDADE. Mulheres que estão muito acima ou abaixo do peso ideal podem desenvolver quadros de ausência de ovulação, ou seja, param de menstruar. A falta de gordura corporal ou o excesso dela pode interferir nos hormônios que agem no ciclo menstrual. Para voltar ao normal, basta ficar com o peso correto.

4- Tratamentos de câncer podem deixar infértil?

Câncer de mama

VERDADE. Os tratamentos para a doença, como radioterapia e a quimioterapia, que têm como objetivo impedir o crescimento celular maligno, acabam atingindo células saudáveis. Para preservar a fertilidade, é possível congelar óvulos.

Esses dois tratamentos causam perdas de 40% a 80% da fertilidade, dependendo do estágio da doença. Os danos vão desde falência ovariana prematura – em mulheres com menos de 40 anos de idade – até alterações no útero, aumentando o risco de abortamento.

Ejaculações frequentes melhoram qualidade do espermatozoide

On 16 de julho de 2013, in Novidades, by comoengravidar
0

Já dizia o velho ditado que “a prática leva a perfeição”, e com os espermatozoides a história não é diferente. A abstinência sexual faz com que a qualidade do espermatozoide caia, mesmo que a quantidade deles presentes no sêmen, seja maior. Ou seja, quanto mais o homem ejacular, melhor a qualidade do seu material genético.

A afirmação vem de um estudo feito por cientistas da Universidade de Sidney (Austrália). Para chegar a tal conclusão, 42 homens que tinham espermatozoides com algum problema de formação, foram analisados. Os pacientes ejacularam por sete dias seguidos, colheram o teste, ficaram em abstinência por três dias e então fizeram uma nova verificação.

Do total de analisados, 37 demonstraram melhora na formação do espermatozoide quando a atividade sexual era diária.

O espermatozoide “velho” não tem a mesma qualidade porque fica por mais tempo exposto aos radicais livres e aos danos que essas moléculas causam aos gametas.

Frequência sexual não é cura

Apesar da constatação de que a renovação é benéfica para a qualidade da célula, é importante frisar que a solução para engravidar não se limita à prática sexual diária. Depois de ejaculado, o esperma sobrevive 48 horas no organismo feminino, por isso que a frequência sexual ideal para quem quer engravidar é ter relações a cada 2 dias, mantenho os espermatozoides renovados dentro da mulher.

Além disso, quanto mais ejaculações em curto espaço de tempo, menor a quantidade de espermatozoides contida no sêmen.

Optou pela reprodução assistida? Saiba suas opções de tratamento

Para os casais que enfrentam problemas em engravidar, a sua maior esperança de aumentar a família é a reprodução humana assistida. Após insucessos consecutivos na concepção natural, seja por impedimentos fisiológicos, seja devido à idade avançada, muitos escolhem esse caminho. Mas quais as opções?

Antes de tudo, é preciso considerar que mulheres mais jovens têm até 50% de chance de engravidar no primeiro tratamento, enquanto que aos 40 anos, a probabilidade cai para 20% e continua declinando a partir daí. É por isso que existem critérios bem definidos para a eleição de cada método, que devem ser discutidos com seu médico para escolher o mais apropriado para você. Saiba quais são:

Inseminação artificial

Após a coleta do sêmen feita pelo próprio homem, os espermatozoides são levados e preparados em laboratório para que, no período de ovulação da parceira, sejam injetados dentro do útero para que o encontro do gameta masculino com o óvulo aconteça. A técnica dribla eventuais barreiras no aparelho reprodutor feminino e melhora a agilidade do espermatozoide.

Esse é o tratamento menos invasivo e mais barato que a fertilização in vitro, mas não é tão eficaz já que requer uma boa permeabilidade tubária da mulher e espermatozoides de qualidade e quantidade aprovadas em teste prévio.

Indução de ovulação

O tratamento nada mais é do que administrar hormônios femininos injetáveis ou orais, para estimular a liberação do óvulo. Através da  ultrassonografia é possível monitorar a resposta dos ovários aos estímulos. É indicado nos casos de falhas na ovulação.

Fertilização in vitro (FIV)

Fertilização In Vitro

Ao optar pela FIV, a mulher precisa passar por quatro etapas. A primeira delas é receber medicamentos para estimular a ovulação. Em seguida, o especialista retira esses óvulos por meio de uma agulha introduzida através do canal vaginal, com anestesia e sedação. Paralelamente, os espermatozoides são recolhidos e depois de analisá-los e prepará-los, o cientista fertiliza o óvulo em laboratório. Caso o procedimento seja bem sucedido, o embrião é transferido para o útero.

O método é indicado em casos de problemas nas trompas, como sequelas de infecções ou endometriose, e para pacientes que foram submetidas à laqueadura. Mas possui pré-requisitos: pelo menos um ovário deve responder à indução da ovulação e a cavidade uterina precisa estar íntegra.

Injeção intracitoplasmática de espermatozoides (ICSI)

É uma estratégia complementar, que visa ampliar as chances de sucesso da fertização in vitro e é usada em casos que o homem apresenta algum comprometimento grave da fertilidade, como baixa quantidade de espermatozoides ou ausência deles no esperma (nesse caso, o especialista tenta extrair as células diretamente do testículo).

Depois de recolhidos, os gametas são selecionados e o mais potente é introduzido diretamente no óvulo com uma finíssima agulha. Depois de formado o embrião, segue-se o processo padrão de FIV.

 

Clinifert e Fertcenter

Entre em contato com as nossas clínicas e marque uma consulta. Quem sabe nós podemos ajudar você a formar uma família!

assinatura para posts

 

assinatura de post

Homens são férteis até ficarem velhos

Ao contrário do que acontece com as mulheres, que tem um número exato de óvulos para toda vida, os homens não tem sua fertilidade alterada significadamente com o passar dos anos. Caso não haja alguma doença ou fator externo que influencie a fertilidade, a produção de espermatozoides não mudará muito com o passar dos anos.

O que acontece é que, a medida que vai ficando mais velho, a testosterona diminui, sendo esse o principal fator que leva a alterações nos espermatozoides e diminuição no líquido ejaculado – nada que seja tão significativo à ponto de deixá-lo infértil.

Doenças que influenciam

Como falamos semana passada (clique aqui), algumas doenças que chegam junto com a idade podem influenciar a fertilidade masculina. Entre elas estão hipertensão, diabetes e doenças cardíacas.

Tagged with:
 

Tratamento para engravidar: acupuntura ajuda no sucesso

On 20 de março de 2013, in Acupuntura, by comoengravidar
0

Acupuntura

Ao optar pelo tratamento de reprodução assistida, muitos casais recebem orientação para realizar sessões de acupuntura, como na Clinifert e na Fertcenter. A técnica serve como método auxiliar ou coadjuvante nesses tratamentos, e em alguns casos pode ajudar casais a chegar ao sucesso.

“A acupuntura é uma excelente alternativa no tratamento de infertilidade, atuando em problemas ovulatórios, na transferência de embriões no tratamento in vitro e também na infertilidade masculina”, diz Daniel Suslik Zylbersztejn, especialista em Reprodução Humana da Unifesp.

Os efeitos

Para ambos os sexos, quando com combinado com acompanhamento médico e estilo de vida saudável, a acupuntura diminui o estresse e a ansiedade, liberando endorfinas e ajudando na sensação de bem-estar.

Já nas mulheres, a acupuntura pode melhorar alguns fatores, como a ovulação, a vascularização do ovário e o metabolismo do trato reprodutivo feminino. Por ser capaz de aumentar a circulação sanguínea uterina, ajuda também na qualidade do preparo do endométrio para receber o embrião.

Enquanto nos homens, têm efeitos positivos na infertilidade, podendo inclusive melhorar a produção de espermatozoides.

Estudo em homens

Acupuntura em homens

Edison Gurfinkel, doutor pela Unifesp, realizou um estudo para avaliar o efeito do tratamento pela Medicina Tradicional Chinesa – Acupuntura e Moxabustão (uma espécie de acupuntura térmica, saiba mais aqui) – na qualidade do sêmen de pacientes com baixa quantidade de espermatozoides no esperma.

O estudo aconteceu com 19 pacientes, entre 24 e 40 anos, que se inscreveram no Setor de Reprodução Humana da universidade. Eles foram separados em dois: o grupo-estudo, com nove pacientes, e o grupo-controle, com dez.

Os pertencentes do grupo-estudo se submeteram ao tratamento por acupuntura e moxabustão, enquanto os pacientes do grupo-controle receberam o mesmo tratamento, mas os pontos utilizados não eram os corretos. No final, o sêmen foi colhido e os resultados mostraram que houve uma melhora na porcentagem de espermatozoides morfologicamente normais nos pacientes do grupo-estudo, não ocorrendo o mesmo com o outro grupo.

Veja outros posts sobre acupuntura clicando AQUI.

Tratamento na aKus

Gostou do que leu? A aKus Centro de Acupuntura Médica, é parceira da Clinifert e da Fertcenter. Entre no site, saiba mais sobre os serviços e agende uma consulta através do fone (48) 3225-0008. Estamos esperando por você :)

aKus